"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


25.2.10

Parte-S

Sou feita de meias mentiras
Meias verdades... Meia idade.
Um pouco cedo... Um tanto tarde!
Fui inteira... sou meia... ou partes.
Sol que brilha e não arde.
Lua cheia, vazia, pregada na paisagem.
Um canto de pássaro perdido
em meio ao burburinho da tarde.
Sou a noite silente... negra...
que, plácida, sonha e não passa.
Sonâmbulos... notívagos que vagam
em busca de uma saudade.
Ilha perdida... num mar que vibra... solitária.
Sou idas e vindas...
Chegadas e part-idas...

Sou o cais que fica
O ponto de passagem!
Sou parte... de desiguais meta-des!

Sou uma em muitas... (inverdades)!

Márcia.Dom

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

4 comentários:

  1. Heleninha!!!!

    Muito real e profundo este poema!!!

    Somos feitos de partes que nos completam!!!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Helena, bom dia, vou levar este poema para
    colocar no meu novo blogue http://livethelifewithpassion.blogspot.com
    Bom fim de semana
    Beijinho/Irene

    ResponderExcluir
  3. Somos siempre un conjunto de partes, creo que el día que encajemos todo, llegará la vejez...
    Un besito bella Helena.

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...