"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


20.8.17


(...) 

 Nos dias nevoentos fecho as janelas, acendo a luz forte e deito-me no tapete. Leio ou penso. Ou então fumo, enquanto as camadas de silêncio se sobrepõem, e as mais pesadas descem e as mais leves se tornam pesadas, até ser impossível destruir o silêncio. 

 (...) 

  Herberto Helder
(photo Madeline Hurlock)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

19.8.17


Desejo de ser outra pessoa

Este é um desejo bem esquisito,
mas existe.
As vezes, exausta de mim,
queria ser outra pessoa.
Com outro rosto, outro corpo,
mas principalmente
outros talentos.
Se não sei dançar, a outra saberia.
Se não sei nadar e não toco nenhum instrumento,
a outra saberia.
Sendo medrosa,
a outra seria corajosa.
Se não sei andar de bicicleta,
a outra andaria.
Se não sei costurar nem bordar,
e a minha roupa
anda sempre desarrumada,
a outra seria elegante.
E de trás pra frente, de frente
para trás,
tudo seria diferente.

 Roseana Murray 
(photo Ruby Keller)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

18.8.17


Precisava urgentemente de sair de mim próprio, vaguear sem rumo a caminho de parte nenhuma, para regressar a mim só quando ela já não me habitasse… 

  João Morgado
(photo James Dean)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

17.8.17


 Como te extingues em mim:  

ainda no último   
e gasto   
nó de ar   
estás lá com uma   
faísca   
de vida. 

 Paul Celan
(photo Faye Emerson)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

16.8.17


Chove 

Chove...

Mas isso que importa,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chuva que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?

Chove...

Mas é do destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama.

 José Gomes Ferreira
(gif Vicente Price)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

15.8.17


Legenda 

Como quem sente
na legenda do presente
o fim duma história breve,
vou vivendo um sonho intacto
num pesadelo crescente
— uma luz fecunda e leve
nos olhos pardos dum gato.

 Fernanda Botelho
(photo Kim Novak)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

13.8.17


Dias mais tarde, revi-o. Saí da igreja antes da comunhão. Para mim não seria incómodo nenhum, mas para ele seria constrangedor dar-me o corpo de Cristo depois de me ter dado o seu.

  Paula Lee
(photo Montgomery Clift)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

12.8.17


O Rosto 

O rosto e o tempo
Cruzam-se num espelho
Rachado. E dialogam.
É uma conversa de surdos.
O rosto e o tempo divergem
Na mesma vertigem do absurdo.
Ambos não se reconhecem.

(Ah, tão misterioso este rosto,
Tão plácido este tempo,
Tão cruel este espelho.)

 Armando Artur
(photo Brigitte Bardot)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Amigos e visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco, agora o blog também poderá ser visto no Facebook.

"Aguardo sua visita!''
www.facebook.com/carinhodescritoempalavras

(photo Shelley Fabares) 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

10.8.17


Bitácula

Não conhece a arte da navegação 
quem nunca navegou no ventre 
de uma mulher, remou nela, 
naufragou 
e sobreviveu em uma de suas praias. 

  Cristina Peri Rossi
(photo Marilyn Monroe)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

9.8.17


Tudo para os olhos.
 E nos olhos um ritmo, 
uma cor fugitiva, 
a sombra duma forma, 
um repentino vento 
e um naufrágio infinito. 

  Octavio Paz 
(photo Greta Garbo)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

8.8.17


Me descuidando

Tirando os sapatos
Como se fossem esses que nos pés estavam
E que o corpo todo apertava
Enfim, assim:
Só sentindo o cheiro bom de música 
que tem no ar
Acompanhada de mim mesma
E aproveitando cada segundo dessa companhia
E se felicidade se acha é em horinhas de descuido,
Como dizia Guimarães Rosa, então,
Me descuidando

Kisstina Kiss
(photo Marilyn Monroe)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

6.8.17


Escolha

Eu escolho
um homem
que não duvide
da minha coragem
que não
me acredite
inocente
que tenha
a coragem
de me tratar como
uma mulher.

 Anaïs Nin
(photo Natalie Wood)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

4.8.17


 as doces meninas de outrora 
amanheceram
vestiram os vestidos novos 
pintaram as unhas de vermelho 
por um instante resplandeceram 
depois baixaram as cabecinhas louras 
e envelheceram como as flores

 Horácio Dídimo
(photo Betty Compson)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

3.8.17


Canção para a moça na janela

Vejo a moça
na janela
toda bela

Bela moça
quem é ela
na janela?

Mandou embora
quem a queria
e está vazia

Quer de volta
quem não a quis 
não é feliz

Não sabia
que liberdade
se faz saudade

Moça bela
o que perdeu 
não era seu

Há um mundo
além da janela
moça bela

Sorria
vá devagar
e vai encontrar

Linda moça
alguém a espera
além da janela...

Helen Drumond
(photo Marie Doro)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2.8.17


Em cada dia, 
Vivo dois mundos. 
O da claridade: 
Onde a escuridão me abraça, 
Presa que me sinto 
A tudo que me é imposto. 
O da escuridão: 
Neste, sinto a claridade 
Liberto-me, 
Abraça-me apenas, 
A transparente liberdade 
De ser… 

  Maria do Céu Costa 
(photo Audrey Hepburn)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

31.7.17


 Sinto-me um animal para o qual todos os acessos estão fechados. Não posso mais me entregar, pois ninguém me quer do jeito que sou; todos sabem mais de mim do que eu.

Hannah Arendt
(photo Frances Day)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

29.7.17


O medo...

Às vezes... ainda tenho medo do escuro. Ainda procuro a luzinha de presença que me acalma. Imagino a mão que é doce e se junta. A minha cama é muito grande... reparei! Pela primeira vez, senti que ali cabe mais alguém. É assim que sabemos e encontramos o nosso par. À noite, 
em silêncio, deitamo-nos... e ficamos a pensar, em quem gostávamos que estivesse perto no próximo acordar.

  Miak
(photo Clara Bow)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

28.7.17


 mudança de luz
sabes? a cidade precisa
de toda uma pintura
nova 
com a luz do teu olhar

vê quão bonitos ficaram
o mar o céu a lua
já pintados por ti

 Xilre 
(photo Tala Birell)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

27.7.17


De todas as vezes que rezei não foi por devoção. Foi para me lembrar. Porque só rezando me chegavam as lembranças de quem eu fui. 

  Mia Couto
(photo Audrey Hepburn)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

26.7.17


Os dois eus e a solidão

Em mim
a solidão
é já uma pessoa.

Onde
a um eu que não chora
um meu outro eu
chora tudo
pelos três. 

 José Craveirinha 
(photo Marilyn Monroe)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

22.7.17


Eu dei minha beleza e minha juventude aos homens. Agora dou minha sabedoria e minha experiência aos animais.

  Brigitte Bardot 
(photo Brigitte Bardot before and after)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

21.7.17


 hoje tive uma ideia na banheira, mas
por pouco tempo: infelizmente
não me apareceu no cérebro, como é habitual, mas sim à tona da pele
de modo que a água do chuveiro 
a levou ralo abaixo
dela restando apenas flocos de espuma 
e outra ideia irresistível
quantas não andarão por aí mergulhadas
nos esgotos nas estações de tratamento de água
(algumas bem precisam de ser desinfectadas)
sem mencionar rios riachos ribeiros mares 
e à conta de tudo isso
quantas ideias não bebemos 
num simples copo de água

 Bénédicte Houart
(photo Catherine Deneuve)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

20.7.17


Vagamundo 

Carrego cicatrizes
(...e quem não as tem?)
De algumas esqueço,
enquanto outras sangram
porque feitas de punhais-palavras.
A cada (a)talho, vago pelo mundo
para driblar esse mal
chamado coração.

 Graça Graúna 
(photo Greta Garbo)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

19.7.17


Tristeza em mim

No silêncio da palavra
te calo em mim

Na pausa da canção
te embalo em mim

No adormecer da razão
te desperto em mim

No rolar da lágrima
te expresso em mim

 Nancy Romanelli 
(photo Corinne Griffith)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

18.7.17


Quando estou em silêncio, não estou sem palavras, na verdade estou falando mais que o de costume. Só estou falando com a pessoa certa, estou falando com Deus.

  Cinthia Meirelles
(photo Loreta Young)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

17.7.17


 Há dias em que meus braços se cobrem de flores
e minha pele cheira a ervas penetrante
e me despenteio, me descalço,
e penso que tudo isto é coisa de loucos,
e eu gosto,
não imagina como gosto...

 Gioconda Belli
(photo Marie Doro)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

14.7.17


Amo-te com todas as letras
 Mas não sei como as usar 
Oiço-as em surdina 
Trémulas, receosas 
Em vez de as gritar!

  José Gabriel Duarte 
(photo Rudolph Valentino & Nita Naldi)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

13.7.17


No teu rosto 

No teu rosto
competem mil madrugadas

Nos teus lábios
a raiz do sangue
procura suas pétalas

A tua beleza
é essa luta de sombras
é o sobressalto da luz
num tremor de água
é a boca da paixão
mordendo o meu sossego

 Mia Couto
(photo Reta Shaw)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

12.7.17


 Onde não
tem mato
mas mesmo
assim folha -
estou.

Onde não
passa rio
mas mesmo
assim pássaro -
estou.

Onde não
bate mar
(coração)
mas mesmo
assim onda -
estou.

Onde não
pega fogo
mas mesmo
assim chama -
estou.

Onde não
chega gente
mas mesmo
assim vamos -
estou.

Aqui
Restou

Rodrigo Damasceno
(photo Brigitte Bardot)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

11.7.17


Oração natural 

Fique atento
ao ritmo,
aos movimentos
do peixe no anzol.
Fique atento
às falas 
das pessoas
que só dizem
o necessário.
Fique atento
aos sulcos
de sal
de sua face.
Fique atento
aos frutos tardios
que pendem
da memória.
Fique atento
às raízes
que se trançam
em seu coração.
Fique atento.
A atenção
é sua forma natural 
de oração.

 Donizete Galvão
(photo Mary Pickford)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

9.7.17


Eu tenho raiva à ternura. Eu tenho raiva de ter raiva à ternura. Eu tenho a doença da ternura por ter raiva. Eu tenho tudo excepto a ternura. Eu não tenho ternura e sofro de inveja de quem tem ternura. Eu já só tenho raiva. 

  Manuel Cintra
(photo Marilyn Monroe)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

8.7.17


sossego

uma chuva que não
cessa um canto

morno porta
retratos e xícaras

de chá

à noite gosto
de me deixar
doer

 Adair Carvalhais Jr.
(photo Monica Belluci)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

6.7.17


silêncio! 
 a dor dormiu... 
a saudade saiu...  
a alma repousa... 
coração serenou... 

 silêncio!... 
pise bem devagar, 
 não deixe acordar 
a dor que eu fiz dormir... 

  Maria Flor 
(photo Jeanne Moreau)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

4.7.17


Borboletas de veludo

Um bater de asas imperceptível 
que procura arrepios 
na eterna primavera dos sentidos,
flutuo de um quarto para o outro 
deixo pegadas 
é o amor que sua do meu corpo,
preenche esta casa. 
Horas, faço horas e roubo minutos 
que consumo a estar contigo, 
troco dias por noites 
e noites por uma vida.

Estelle Vargas 
(photo Kathleen Martyn)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

3.7.17


J’aime passionnément à dire
 des vérités que d’autres n’osent pas 
 dire, et à remplir des devoirs que 
 d’autres n’osent pas remplir. 

  Voltaire
(photo Renée Perle)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2.7.17


Cada momento passado juntos 
Era uma celebração, uma Epifania, 
Nós os dois sozinhos no mundo, 
Tu, tão audaz, mais leve que uma asa, 
Descias numa vertigem a escada 
A dois e dois, arrastando-me 
Através dos húmidos lilases, aos teus domínios 
Do outro lado, passando o espelho.  

Arseni Tarkovsky 
(photo Ronald Colman and Vilma Bánky)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

1.7.17


Tinha os olhos azuis, claros. Durante vários minutos, parece que só lhe vi os olhos e me agarrei a eles para poder respirar. Sorria, num rasgo cínico e macilento de quem sabe mais do que revela, de quem revela mais do que diz.

  Raquel Ribeiro
(photo Grace Kelly)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

29.6.17


Epitáfio

O cheiro de rosas velhas e tabaco
Faz-me recordar.
Há quase vinte anos
Que não te vejo
E prossegue o nosso meio amor.

Deixaste-me isto:
Esta mão, entreaberta, imóvel
Sobre uma colcha verde.
Coisa bastante para erguer
Alguns poemas de melancolia.

Tivesse eu então tocado em ti
Talvez um de nós sobrevivesse.

 Ian Hamilton
(photo Gary Cooper)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

26.6.17


O pior é acordar de manhã a pensar que nada pode ser igual agora e há que levantar e tomar banho e arranjar o café como sempre e ir trabalhar como sempre como se nada tivesse acontecido apesar de que aconteceu acabou chegou ao fim ‘é melhor assim’ e caminhas rua fora como um sonâmbulo a chocar com os transeuntes com os ardinas e sentas-te num banco de pedra sem saber se estás vivo ou morto é a mesma coisa porque a morte também pode ser uma mesa num bar dois martinis secos e um par de lábios vermelhos pronunciando palavras que caem como guilhotinas 

  Óscar Hahn 
(trad. A.M.)
 (photo Eiji Okada & Emmanuelle Riva)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

24.6.17


Sós a vida inteira

Há pessoas que nascem para serem sós a vida inteira. Eu, por exemplo. (...) Frequentemente me assusto, pensando que a vida vai acabar sem que eu encontre um grande amor ou uma grande amizade, ou mesmo uma grande vocação que justifique esse isolamento.

  Caio Fernando Abreu 
(photo Madge Bellamy)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

23.6.17


Libertação

Silêncio profundo... 

 Fechei a porta. 

 (Madeira morta 
Entre mim e o mundo)

  Luiz de Macedo
(photo Lillian Gish)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

20.6.17


Lolita

Lolita, luz da minha vida, fogo da minha virilidade. Meu pecado, minha alma. Lo-li-ta: a ponta da língua faz uma viagem de três passos pelo céu da boca abaixo e, no terceiro, bate nos dentes. Lo-li-ta. 

  Vladimir Nabokov 
(photo Sue Lyon) 

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

15.6.17


Ela é estranha. Gosta de espaço. De ficar quietinha pensando na vida. Mas, também gosta de abraço e conversas divertidas. Alguns acham que é metida. Um pouco esnobe. Mas, ela é tímida. Não sabe ser efusiva se não tem vontade. Mal sabe que o seu jeito é seu maior charme.

  Noemi Prates
(photo Leslie Caron)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

13.6.17


 Aos olhos de um apaixonado
Toda esquina é Paris, 
Toda janela um quadro,
Qualquer traço, Picasso
Um sorriso Mona lisa
Aos olhos de um apaixonado
Passarinho é Quintana,
Cama, paraíso
Qualquer adeus fim de mundo
Toda canção confissão
Aos olhos de um apaixonado
Todo sussurro, uma prece
Sessão da tarde, Felinni
Um rodopio, Fred Astaire 
Telefone é evento e todo dia, feriado
Aos olhos de um apaixonado.

 Andréa Beheregaray
(photo Mickey Rooney & Judy Garland

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

30.5.17


Pareço decidida, forte e corajosa, porque é isso que a vida me exige. Mas, confesso, por dentro sou outra. Sou sensível, indecisa. 
Sou quase uma estranha. 

  Bernie F. 
(photo Monica Vitti)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

27.5.17


Tenho pena que o meu pudor me tenha impedido sempre de ter tirado uma fotografia ao meu corpo nu, quando este era jovem e, mesmo sem perfume, era perfumado. 

  João Morgado
(photo Elizabeth Taylor)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

25.5.17


Um dia seus olhares se cruzam. Você sente uma coisa que nunca sentiu. Seu coração acelera. Seu corpo arrepia. Seu olhar ilumina. Sua boca fica seca. Sua barriga sente um frio interminável. Borboletas dançam uma dança bonita no seu estômago. O mundo de repente para por um segundo. E você pensa oi, sorte. 

  Clarissa Corrêa 
(photo Gregory Peck & Audrey Hepburn)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

21.5.17


Livrai-me

Livrai-me das dores evitáveis,  
das decisões equivocadas, 
 dos amigos mal intencionados, 
da falta de saúde emocional, 
da falta de gentileza, 
da falta de escrúpulos 
e da falta de mim. 

  Cláudia Dornelles
(photo Lily Brayton)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

20.5.17


Hoje, estou mais madura e um pouco mais serena. Entendi que não tenho que provar nada, nem ficar tentando agradar sendo quem não sou. Eu sou essa que você está vendo e, sim, tenho falhas. E, sim, sou pura emoção. 

  Clarissa Corrêa
(photo Sophia Loren)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...