"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


5.10.12


    Soneto - Rosa Divina

Rosa divina que em gentil cultura 
és, com a tua fragrante sutileza, 
magistério purpúreo da beleza, 
alva lição de excelsa formosura; 

 há em ti como que humana arquitetura, 
exemplo de uma ingênua e vã nobreza, 
em cujo ser fundiu a natureza 
o berço alegre e a triste sepultura. 

 Altiva em tua pompa presumida, 
soberba, a morte afrontas, não te inclinas, 
mas logo, desmaiada e emurchecida, 
 teu ser desfaz-se todo em tristes ruínas! 

E assim, com douta morte e fútil vida, 
vivendo enganas e morrendo ensinas! 

  Soror Juana Inés de La Cruz 
(trad. J.G. de Araujo Jorge)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Um comentário:

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...