"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


11.3.10

Quão doces podem ser as notas planetárias.
Arias que retinem o pulsar dos cimos

A terra cala.
O céu fala.
O ar é azul distante.
Nas extremidades - silêncio.

Há um tempo em que se escuta
a floração dos pessegueiros
Ouve-se as flores rosadas se
Transformando em fruto.
Seiva estala.
Fruto e flor a destilar sentido.

Lambo-te nesta néctar oloroso.

Pausas breves em alvoradas inconclusas
Estão sendo geradas
Para a harmonia flores-ser,

Ritmo incessante,
Amor.

Ruth M. Dutra

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2 comentários:

  1. Bonitos poemas compartes, Helena.
    Es un placer visitar tu blog.
    Saludos.

    ResponderExcluir
  2. atractivo escrito. me gusto su naturalidad.
    besos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...