"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


2.1.10

Mais um soneto para Helena

Quando chegar o tempo de teus últimos dias,
Ronsard o disse em verso e Neruda repetiu,
lerás tranquilamente um caderno de poemas
que em outras primaveras um tal Jorge te escreveu.

Tuas amigas indagarão: Quem te deu essas poesias
de aspecto envelhecido que sempre estas lendo?
O sol resplandecerá e entrará pela janela
e ainda as andorinhas em tua sacada aninharão.

Lembrarás sorrindo nossas cotidianas alegrias,
uma infinita tesura invadirá teu coração,
se encherão teus olhos de um brilho perspicaz...

E com um velho fogo reacendido nas veias,
e sentindo outra vez meus beijos acarinhando-te os lábios,
“um homem que me amou” simplesmente dirás.

Jorge Luis Gutiérrez

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

3 comentários:

  1. Tão lindo este poema, uma ótima escolha!
    beijos, ótimo domingo

    ResponderExcluir
  2. full, bacano estos versos,,, ¿son para tí? me alegro mucho.
    besos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...