"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


3.10.09

O vestido

A brisa balança o vestido azul no varal.
A moça olha e o rosto molha.

O vento seca o tecido florido
E os olhos azuis da moça.

A moça lembra o toque do ontem,
Mãos quentes em cada flor do vestido.

O toque da lembrança traz o som
Das palavras frias, indiferentes
Ao amor que o vestido vestia.

E indiferente às lágrimas da moça
O vento venta mais forte
Soltando o vestido florido do varal.

As flores azuis do tecido voam, voam
Misturando-se ao azul imenso do céu.

O vento leva o vestido, as flores
E os sonhos azuis da moça.

A moça olha o varal vazio
E, vazia,
Chora o amor e os sonhos
Que o vento,
Num repente,
Lhe roubou.

Isabella Benicio

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...