"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


30.1.17


Quase um poema de amor 

 Hoje, também os carros dançam. As casas movem-se levemente. E eu – que mudei de casa e de roupa, de cidade e de cama, de palavras… 
Eu, que mudei de música e de carro, de saudade, de quarto… Eu – que mudei de computador e de rua, de eternidade e de paisagem, de abraço e de clima… Eu – que mudei de língua e de lágrimas, de deus e de caderno, de crenças e de céu… 
Eu – que mudei de lume, que mudei de medos… Eu – que mudei de planos, de lençóis, de secretária… Eu – que mudei de óculos e de rumo, de amigos, de champô, de rituais e de supermercado… Eu – que mudei de tudo que em quase nada mudou, mudei de dentro de mim para dentro de ti, meu amor. 

  Filipa Leal
(photo Renée Perle)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...