"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


22.10.15


Vende-se

A casa 
Foi caiada 
Há pouco tempo

Abriga ainda 
O mormaço 
Dos corpos

A penumbra 
Do beijo 
A ecoar

O estio 
E as estações 
Nas vigas nos moirões

No cercado 
A violência do sol

No quintal 
O cheirar das horas

Verdoengas 
Reacendendo 
O tempo

Oh tempo!

Que as janelas 
Cantavam 
E o riso florescia

Na casa

As vozes

E a indulgência do silêncio

Jorge Andrade
(photo Buster Keaton & Sybil Seely)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...