"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


25.3.15


E agora eu 

e agora eu quero 
eu quero para depois não querer
seguir o telefone por uma cidade
a língua de fora morre na ligação mas é sempre
a língua de fora
porque o corpo é objecto do tempo
e eu agora quero 
mas não quero para depois querer
existir no corpo inabitado
nada mais me absolve 
senão o silêncio em pleno voo
este corredor antigo que atravessa o escrito
o passado que lido é uma volta 
a fracção de segundo
e agora eu sou alheia à imobilização do desejo
sobre cada sorriso 
sobre cada noite
sobre cada pequena morte
que se liquidifica na insónia e na lembrança envolta 
numa espécie de melancolia interna
que parece furar a nuvem de fumo
a vontade de ser um aqueduto
uma ponte
uma raiz vertiginosa
um pousar de cabeça 
depois de um raciocínio complexo
e agora eu quero
eu quero partilhar um segredo 
com as palavras que o suportam
escrever no inferno
enlouquecer bela e feliz.

  Sylvia Beirute
(foto Elizabeth Taylor)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...