"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


30.12.14


Sou lunar de duas sombrias luas 

 Eu não penso, nem me queixo, 
nem discuto, nem durmo. 
Não desejo nem sol, 
nem lua, nem mar, nem barco. 

 Não penso no calor que faz entre estas 
paredes, 
nem como o jardim está verde; 
e esse presente, que tanto desejei,
 já não o espero. 

 Não me anima nem a manhã, nem
 o eléctrico o seu tilintar alegre, 
vivo sem ver o dia, esquecendo-me, do tempo, 
o ano e a hora. 

 Sobre uma corda estragada, 
eu danço – pobre dançarina. 
Sou a sombra de uma sombra. Sou lunar 
de duas sombrias luas. 

  Marina Tsvétaïeva 
(trad. António Mega Ferreira)

 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...