"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


8.9.11



Soneto do Apocalipse

O teu silêncio corta o dia claro
em postas de penumbra acinzentada.
Por mais que açoite o vento as folhas vastas,
eu nada escuto, só escuto ausências.
O teu silêncio arsênico assassina
horas de lesmas que se arrastam torpes,
e o dia é todo noite, e são fantasmas
os que andam rente a mim, sem que eu os sinta.

Silêncio pétreo... Meus ouvidos moucos
recusam-se a escutar, pois nada existe,
só horas que retalham pouco a pouco.

Uma surdez nevada se esparrama
dos fiapos deste dia que estraçalhas
com o peso do silêncio apocalíptico.

Gláucia Lemos

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...