"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


10.5.11


Nada quer dizer nada

Abri uma carta antiga e reli-a.
Tinham perdido sentido as palavras
e as frases. Em que língua
me tinham falado? E eu entendera,
mas agora fora-se o entendimento.
Quem, se eu lesse em voz alta os sons
incompreensíveis, se voltaria para mim
e atentamente teria a paciência
de me elucidar? Reconquistaria desse modo
muitas das coisas que um dia possuíra
e depois perdera. Em que língua
exprimira a confusão e o caos
que me habitavam? Ou, mais
rigorosamente: com que língua
tentara vencer a insignificância
do mundo e da minha existência?
Nada quer dizer nada, as palavras
pesam como pedras, escondem-se nelas
o sentido e a paixão. Mas quem
pode ainda suportar a recordação
do tempo em que falar era uma parte
importante da existência, o indício
de que pertencíamos e nos reconheciam?
O meu corpo tomava consciência dos seus limites
e do que o distinguia das paredes, da mesa
e dos livros que me cercavam. O sono
começou a descer sobre mim, diminuiu
a minha capacidade de suportar a luz.
Confundia-me, enfim, com as quentes
trevas da noite? Quis manter
os olhos abertos e eles iam-se fechando.
Entendi então que uma vez mais chegara a hora
de renunciar. Na rua ouvi o jornal cair,
lançado de um carro para a porta de casa.
Levantei-me e fui buscá-lo. Podia
enfim terminar o dia, adiar a tentativa
de redução ao silêncio da minha vida.
Que ninguém dê pela minha presença,
que me esqueçam aqueles que um dia
prometi amar. Para que eu possa,
sem remorso, continuar a viver.

João Camilo

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Um comentário:

  1. Ola amiga Helena

    Um prazer passar por sua casa e lê teu post.

    Convido-vos a ver o meu post de hoje .. eu apresento um livro maravilhoso, carinhoso, lindo escrito pelo meu amigo Fabiano Cavalcanti sobre as aventuras de um fã do Rei Roberto Carlos.

    Beijos com carinho

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...