"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


11.2.11


Mulher de véu

Embaixo deste véu, caldeira fria.
Por cima dos meus olhos,
doce agonia, escondida na aderência
do momento mágico que desnudo
com olhos de gato pardo perdido.
Penso, o que me faz tão ausente?
Desejo incandescente de mulher-andorinha
acostumada sempre a fazer verão.

Cláudia Villela de Andrade

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2 comentários:

  1. o teu amor pela poesia é de grande rigor na beleza das palavras.
    confesso que não conhecia a autora, mas enormizo a tua escolha... "mulher-andorinha".
    deixa-te da paixão pelo verão e acostuma-te a qualquer Estação, a qualquer dia. levanta esse véu e revela a caldeira-aquecida... escondida, adormecida, desconhecida.

    ResponderExcluir
  2. Certas coisas se juntam de maneira tão inexplicável
    Que eu chamo isso de Deus

    Caio Fernando Abreu

    Bom Fds e beijos meus.....M@ria

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...