"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


2.10.10

Voltei à casa das heras.
A varanda, as paredes, estão carcomidas de bichinhos persistentes e raízes tentaculares. Penetro no escuro, no inóspito do bafio e do sonâmbulo. A velha casa está calada. Abro-lhe as portas, as portadas das janelas, e as réstias de sol arrumam-se oblíquas por entre grãozinhos flutuantes de poeira. Vê-se que lhe dói o esforço de voltar a ser espaço: o chão queixa-se e range sob os meus passos.

Venho ao pátio, de onde se avista o jardim e o cerne das colheitas. A terra está atapetada de velho, no lugar onde antes havia alegria e ornamentação. Volto ao interior da casa, ao seu desconfortável de agora. A antiga grafonola ainda se recorda das canções de há vinte anos. Sento- me, o olhar entrecortado nos retratos empoeirados.

Fico especada, a discorrer sobre o passar das canções: Fauré, Poème d’un jour. Onde se diz do encontro, do estar e do adeus. E neste ouvir, visto velhas memórias, antigos dizeres. Mas agora isto é apenas uma casa com uma história. Com princípio, meio e fim. Ninguém a pode mudar. São irreversíveis as heras da casa.

Se voltar, a história não há-de nunca ser igual.
Faz-me pena o tempo que foi.

Elvira Santiago

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Um comentário:

  1. Bom dia Helena...
    Quantas vezes não queremos simplesmente voltar à alegria vivida...mas devemos saber guardar apenas na memória e viver sempre, intensamente o presente!
    Um lindo domingo!
    Beijos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...