"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


1.9.10

... umas vezes o meu amor é longínquo
outras vezes à beirinha.
Umas vezes brisa calma
outras vezes movimento inquieto das levadas
a desabar em cascatas nas encostas escarpadas.
O tempo a escorrer e eu não penso em medi-lo.
Por hoje amanhã também podia ser noite...

E o amor ali pendurado
naquele cacho de buganvílias.

Antonio Paiva

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2 comentários:

  1. A veces el amor se oculta, se escapa, se instala en los ciruelos, se empapa de espuma...
    Un beso Helena

    ResponderExcluir
  2. uffff, el amor tiene tantas facetas.
    besos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...