"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


25.8.10

Passam os dias

Ondas de espesso óleo são meus dias:
passam tão lentamente que não passam.
Os homens a meu lado olham, passam,
lentos também como os meus lentos dias.

O futuro está aí, cheio de dias,
mas é um duro charco; por ali passam
lentas sombras de sonhos quando passam...
Nocturnos céus cobrem-me os dias.

Aprendi, ensinaram-me os que passam
que sempre passam, passarão os dias,
ainda que pareça às vezes que não passam.

Soube, além disso, que a bordo dos meus dias
também eu passarei com os que passam,
cinza na cinza dos dias.

Nicolás Guillén
(trad. de Albano Martins)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2 comentários:

  1. Bela e reflexiva poesia sobre o tempo.

    "Soube, além disso, que a bordo dos meus dias
    também eu passarei com os que passam,
    cinza na cinza dos dias."

    Emocionante!
    Passam os Dias
    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. [temporal e bonança, eternos aliados nessa conspiração dos dias]

    um imenso abraço, Helena

    Leonardo B.

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...