"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


23.8.10

Candelabro

Num quarto vazio e pequeno, só quatro paredes,
e cobertas com tecidos inteiramente verdes,
um belo candelabro está aceso e arde;
e, em cada chama sua, abrasa-se
uma paixão lúbrica, um impulso lúbrico.

No pequeno quarto, que brilha alumiado
pelo forte fogo do candelabro,
não é absolutamente habitual esta luz que jorra.
Para corpos tímidos não é feita
a volúpia deste calor.

Konstantinos Kaváfis
(trad. de Ísis Borges da Fonseca)

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

5 comentários:

  1. [nesse quarto vazio onde qualquer luz se torna a sombra, navegante, salteadora, errante]

    um imenso abraço,

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  2. Cada vez que passo por aqui emociono-me, lindo seu blog, imensa demonstração de carinho. Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. ¡Qué cuarto!, en realidad las habitaciones guardan tantos secretos.
    Un beijo.

    ResponderExcluir
  4. Muito agradável o texto.

    *Entre o sonho e a realidade eu prefiro a realidade que me permita sonhar. http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto que mexe com nossos sentidos e nos fazem sonhar. A imagem é apaixonante e une com perfeição ao texto.
    Seu canto é acolhedor e prazeroso de estar.
    Beijos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...