"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


5.7.10

Bendigo os diamantes que respingam na vidraça

Benzi-me de água benta e minha loucura foi perdoada
Ainda pouco fui santa, mas ninguém acreditou
O hábito não me coube / o hálito me queima a fala
Rogo por minha insanidade de volta
Preciso molhar o corpo trêmulo / deitar na terra fria
O céu desaba em mim como remissão dos pecados
Agradeço a chuva ardida cortante feito navalha
Afiada e ácida
Choro

Nesse instante um raio ilumina minha vista
Estou nua de tudo
Só / molhada / louca
E salva.

Márcia Rehen

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2 comentários:

  1. Querida amiga.

    Que palavras intensas.
    Senti-me a molhar,
    com as gotas da chuva da vida...

    Gotas que nos devolvem
    a nós mesmos
    e assim,
    nos salvam...

    Dias de paz para ti.

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...