"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


19.5.10

Ando firme num chão que não tenho

Entrando ou saindo
Sem face me movo
Deambulando em cores minhas
De fogo ou terra

Sem face, procuro ver para além daquilo
que o além for
Saindo de mim espalho-me pelo espaço
que não é meu

Procuro o chão que não sinto
Procuro o sentir que me queime

Que me doa
Quem me ame
Que me pise
Me segure...

Insegura no passo
vou
deambulando em cores tão só minhas

Não sei sentir o que será
para além de além

Piso-o
Não escorrego
Ando firme num chão que não tenho

Teresa Maria Queiroz

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

5 comentários:

  1. Bom dia Helena,

    "Procuro o chão que não sinto
    Procuro o sentir que me queime"

    Isso é lindo e tão intenso.
    Quantas vezes me sinto exatamente assim!

    Um beijo querida!

    ResponderExcluir
  2. Precioso Helena, creo que éste es sin lugar a dudas el poema que más me ha gustado, de todos los publicados.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  3. Ando firme num chão que não tenho...é uma levitação, esvoaçar acima...muitas vezes também!
    Muitos beijinhos,
    Manuela

    ResponderExcluir
  4. siempre es un gusto visitarte.
    besos

    ResponderExcluir
  5. Querida Helena,
    Grata pela visita, infelizmente seu comentário deu erro e não pude publicá-lo, mas fiquei imensamente feliz com tua visita.
    Teu blog está lindo de viver.
    Meus aplausos.
    Estou por aqui te lendo.

    Beijos

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...