"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


3.3.10

outro tempo

foi num tempo outro.
quando os olhos não sabiam ler além da alma.
muito além da pele.

foi num tempo de palavras ditas com a boca à boca da noite.
quando os dedos (estes) não conheciam canetas e teclas.
e não podiam apagar os quilometros percorridos pelas mãos.

foi no tempo em que não se despedia o amor por carta,
porque despedida não havia,
esperava-se chegar a morte para recomeçar o mesmo amor.
de sempre em outra vida.

um tempo que não é de agora, tão diferente de tudo e de mim.
destas mãos acostumadas às letras e à distância dos olhos.
à desimportância da boca.

outro tempo:
tão longe e tão perto de mim
e do recomeço do amor.

mariza lourenço

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

3 comentários:

  1. Linda!!

    O recomeço do amor,
    O recomeço da vida,
    Tudo está escrito


    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. ahhhhh, volver otra vez... me envolvió este escrito.
    besos

    ResponderExcluir
  3. Olá Helena,
    Venho deixar um carinho e a propósito do poema, tudo agora é muito diferente, nem sei se há amor, ou se anda de paixão em paixão...
    Ah e também venho ouvir a Edith!...
    Bjs,
    Manuela

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...