"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


8.11.09

Não fosse a vida um fardo,
não fosse a dor um caldo amargo,
não fosse o desespero um último trago...

Teu nome foi aprendiz.
Tinhas a alma por um triz,
pedaços que colei,
cascalhos de esmeraldas que juntei.

Vi verdade onde havia vaidade.

Vi a cor verde em sede
brilhando no azul da minha parede.
Vi através do que deixastes entrever...

Olhei com meus olhos sem fel
e vi você, sempre vi mel...

Sempre soube você,
em todos os seus versos,
em todas as promessas.

Perverso, complexo,
adverso, convexo,
como um canto de cor
ecoado nesse sem nexo.

Como o suspiro do fim do sexo.

Ah! Poeta...

A mágoa é funda.
A dor é crua e surda.

E não me chames de desembestada.

Na verdade, se não for para dizer sim,
não diga nada.

Deixa que me cure, quieta, calada.
Deixa que ardo, sozinha
e por ti e por mim.

Deixa largado...

Matilda Penna

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...