"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo em preto e branco lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, através das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da canção fascinante de Edith Piaf... Que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"


9.10.09

Veleidade

Só sei de mim.
E às vezes, nem sei de mim...
Como entender o ser que está ao meu lado?
O outro é uma cortina de sombras
vagamente delineada por tênue claridade.
Vejo lampejos, riscos e retalhos
E é tudo o que possuo do alheio.
Pedaços, como eu também sou pedaço
para quem me olha detidamente.
Tento me entender e já é bem complicado
mas, o outro me é tão incapacitante!
É como escalar muralhas de sabão.
Não chego ao alto nem ao meio,
fico sempre no chão.
Cada um revela o que pode revelar...
O que se oculta são os mistérios
de todos nós.

Helena Frontini

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Um comentário:

  1. Amiga Helena!

    Teu blog está maravilhoso! Tens muito bom gosto para poesias e ficou linda a estética do blog com essas cores "noir"!
    beijos mil e sucesso para você!

    ResponderExcluir

"Há demonstrações de carinho que nos imensam!"
Manoel de Barros

Demonstre seu carinho...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...